População usa máscaras na retomada das atividades físicas ao ar livre

No primeiro dia de retomada das atividades físicas nos espaços públicos ao ar livre, a população continuou adotando as medidas de enfrentamento à Covid-19, como caminhar de forma isolada na orla da lagoa de Araçatiba utilizando máscaras e álcool em gel. O retorno se deu com a entrada em vigor do decreto que estabeleceu, com base nos dados da Secretaria de Saúde, os níveis de risco na situação epidemiológica.

O município entrou nesta quinta-feira (04/06) no Estágio Amarelo 1 que permite o uso de áreas públicas de lazer para práticas esportivas individuais, desde que com espaçamento físico e sem compartilhamento de equipamentos. O isolamento social ainda é recomendado à população.

De acordo com o Secretário de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional, Júlio César Veras, a fiscalização continuará orientando as pessoas para que não haja aglomeração, principalmente nas praças onde tem aparelhos de ginástica. “Os aparelhos nas praças não vão ser usados. Vamos orientar por intermédio de divulgação, e tentar colocar em cada local um aviso de que não é permitida a sua utilização”, disse o secretário reforçando o telefone do disque aglomeração: 968091516.

Respeitando as novas regras para a realização de atividades físicas, o autônomo Luiz Carlos de Barros, de 55 anos, fez um alerta de que vale o bom senso da população. “É importante fazer atividades utilizando as máscaras, dentro da medida do possível e escolhendo horários para que não constitua uma aglomeração. É evitar qualquer tipo de abuso nesse retorno gradativo. O bom senso é a palavra-chave para qualquer tomada de iniciativa nesse momento”, ponderou.

Morador da cidade do Rio de Janeiro, está temporariamente com a mãe nesse momento de isolamento social, contou que durante este período continuou fazendo as suas atividades físicas em casa. “Faz parte do meu princípio de vida, pois sempre tive uma vida de prática esportiva e não seria nesse momento que iria abandonar esse hábito que eu entendo ser saudável”, afirmou.

Caminhando de máscara com sua cadela no calçadão de Araçatiba, o servidor público Alessandro Sobral de Moraes, de 46 anos, avaliou como positivas as medidas adotadas pela Prefeitura no combate ao novo coronavírus.

“Maricá teve um bom tratamento com relação ao processo todo da pandemia. Aqui não se sentiu tanto como em outras regiões como no Rio de Janeiro e o de São Paulo. Não pensava que o processo fosse ser encaminhado dessa forma e me surpreendeu positivamente”, disse.

Comentário