Itaipuaçu ganha base do Samu

Itaipuaçu ganhou nesta quinta-feira (13/08) uma base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Com uma integração entre Bombeiros e Polícia Militar, a unidade terá uma ambulância com enfermeiro, condutor socorrista e técnico de enfermagem para atender moradores da região.

A base, localizada próxima à Praça do Barroco e no distrito de maior crescimento populacional de Maricá, auxiliará a diminuir o tempo de assistência aos casos de urgência e direcionar os atendimentos de acordo com sua complexidade.

Durante a solenidade de inauguração o prefeito Fabiano Horta considerou uma conquista para os moradores da localidade, além de ser uma importante ferramenta estratégica à saúde municipal.

“Cada profissional da saúde tem uma grande importância neste momento e esta inauguração é mais uma ação de enfrentamento à Covid-19 e também a outras comorbidades. A estrutura foi construída com muita luta, com toda capacidade técnica e profissional’’, afirmou.

“Agora fechamos um cerco, aglutinando o SAMU que é a referência absoluta do pronto atendimento de urgência. Exitoso nas suas funções, seus profissionais demonstram afeto pela vida, afeto pelo outro, afeto para transformar o lugar em que eles vivem em um lugar melhor’’, ressaltou.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Simone Costa, a demanda por um serviço desse tipo é antiga na região. “A gente já tinha solicitado, previamente, uma ambulância para Itaipuaçu, por conta da distância. São 23 km do Centro até aqui, era uma solicitação antiga nossa pensando no socorro urgente e emergente”, explica.

“No caso do chamado em Itaipuaçu, essa ambulância regulada pode prosseguir para qualquer hospital que melhor atenda a necessidade do paciente, não apenas os do município. Quanto mais rápido esse paciente sair de um acidente, um mal súbito na sua residência, melhor será seu atendimento e sua recuperação”, acrescentou Simone.

Comentário